Arquivo da tag: viajando

48h

Essa é a mais nova e única coluna sobre viagens do Economistinha. E o mais legal de tudo? Ela é colaborativa.

O New York Times tem uma coluna fantástica chamada 36h. Sempre que eu vou para algum lugar, a primeira coisa que eu faço é googlar NYT + 36h + nome da cidade. Para quem vai passar um fim de semana em uma outra cidade e quer conhecer TUDO, ela é uma lista bacana.

Mas ela tem seus problemas. 

– Não tem NENHUMA cidade brasileira. Sério. Nem SP, nem Rio, nada*. O foco da lista é viagem de fim de semana, e vamos combinar que não é razoável voar da Europa ou dos EUA até o Brasil só para o fim de semana, certo? Então, nós vamos priorizar cidades brasileiras aqui no 48h.

– O mais importante, para mim: o 36h força você a correr. MUITO. Quando eu tinha meus 22 anos e comecei a viajar, queria conhecer TUDO em cada lugar que eu visitava. Maximizar a experiência.

Só que isso cansa muito, especialmente em uma viagem de fim de semana. Ao fim da viagem, você está esgotado, e no dia seguinte precisa acordar cedo para trabalhar novamente. A ideia da viagem não era descansar?

Nas minhas últimas andanças, adotei o conceito de slow travel. Planejo uma lista de coisas que posso querer fazer, mas não me obrigo a cumpri-la. Também deixo espaço aberto para explorar, caminhar, observar. Tentar entender como as pessoas daquela cidade aproveitam seu tempo livre.

Reconhece todas essas cidades brasileiras? Aqui na 48h, você vai explorá-las pelos olhos dos moradores

Reconhece todas essas cidades brasileiras? Aqui na 48h, você vai explorá-las pelos olhos dos moradores

O 48h do Economistinha nasce para suprir essa demanda: viagens de fim de semana em que a prioridade não é ver tudo o que a cidade tem a oferecer, apenas dando check em uma lista de pontos turísticos.

Aqui, a ideia é aproveitar a cidade. Vivê-la em cada vão momento. Explorar. Sim, você também vai passar por pontos turísticos, tirar suas selfies e postá-las nas redes sociais. Mas o mais importante é que você vai realmente conhecer a cidade que visita.

Os horários são apenas sugestões. Os locais, também. Faça a sua viagem e se divirta.

Quero que ela seja construída por habitantes da cidade, mas isso não é obrigatório. O que você mostraria na sua cidade para um amigo que veio passar um fim de semana? De sexta às 18h até domingo, no mesmo horário, uma viagem para espairecer.

Quais os seus restaurantes e bares favoritos, e que estão bombando nos últimos meses? Em que área da cidade ficar? O que fazer no domingo à tarde, antes de correr para o aeroporto? O que vai deixar saudades?

(Foto: Instituto Municipal de Turismo de Curitiba)

Na próxima semana, nossa primeira parada será em Curitiba. Já temos algumas cidades engatilhadas. Porém, entre em contato conosco (através da nossa página no facebook ou mande um email para economistinha@gmail.com) e escreva sobre a sua cidade!

Bem vindo ao 48h. A casa é sua.

PS: *Eu escrevi esse texto no fim de agosto. No dia 2/set, o NYT publicou um 36h Rio de Janeiro. Ainda assim, é muito pouco. Vem viajar pelo Brasil com a gente!

Anúncios
Etiquetado , , , , , ,